logo

Startup paraibana Imobi Wiki recebe aporte de investidores e se prepara para expansão nacional

Startup paraibana Imobi Wiki recebe aporte de investidores e se prepara para expansão nacional

Plataforma vai ajudar empresas a melhorarem eficiência com uso de tecnologia e inteligência de mercado
Menos de dois meses após o seu lançamento, a plataforma Imobi Week (que surgiu como evento online de vendas no mês de maio) ganhou novo formato e agora tornou-se uma startup com foco no desenvolvimento das construtoras e incorporadoras, que precisam estar cada vez mais presentes e ativas no mundo digital.

A primeira mudança acontece no nome, que passa a chamar-se Imobi Wiki, mais ampla e com operação permanente. E a empresa já recebeu o seu primeiro aporte de investimentos para desenvolver soluções mais complexas para o setor, dessa vez olhando para o mercado nacional.

“O evento nasceu no auge da pandemia, na urgência de resolver o problema de muitas construtoras e incorporadoras com a digitalização dos seus processos. Ele proporcionou às empresas a continuidade das vendas neste período. E mesmo com todos os estudos preliminares e a certeza dessa grande lacuna, o resultado foi surpreendente. Houve uma grande interação entre compradores e construtoras, que resultou em leads quentes, negociações bastante adiantadas e também vendas”, explica Marina Sá, co-fundadora e sócia da plataforma.

O evento imobiliário online trouxe algumas constatações para os realizadores: todos os contatos e a inteligência de mercado gerados durante o evento trouxeram conhecimento e visão de negócios necessários para ampliar o escopo da plataforma, aproximando os desejos do consumidor com o que o mercado imobiliário está oferecendo.

Além do aporte de investimentos para expansão da empresa, o Imobi Wiki também está negociando parceria com grandes grupos de comunicação para consolidação da startup no mercado.

O Imobi Wiki vai ajudar as empresas do setor a melhorarem a sua eficiência, por meio do uso de tecnologia e inteligência de mercado, diminuindo o tempo de negociação e acelerando o crescimento das vendas”, comenta Will Fonseca, co-fundador e sócio da plataforma. “Enquanto o marketing tradicional se concentra no topo do funil de vendas, o nosso trabalho de marketing de crescimento foca todo o funil, com ênfase no meio, permitindo que cada aspecto da experiência do cliente se concentre em atrair clientes mais engajados”, completa.

“Vamos desbravar novos mercados, aumentar o time e os investimentos em marketing e tecnologia, focando na satisfação dos nossos clientes”, afirma Marina Sá.

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA

Compartilhar:




Comentários:

Colunistas